Somos todos Poeira de Estrelas

"... à exceção do hidrogênio, todos os átomos que compõem cada um de nós - o ferro no sangue, o cálcio nos ossos, o carbono no cérebro - foram fabricados em estrelas vermelhas gigantes a milhares de anos-luz no espaço e a bilhões de anos no tempo. Somos feitos, como gosto de dizer, de matéria estelar."
(Carl Sagan)

sábado, 26 de março de 2011

Relacionamentos

Viver é conviver.
A sociedade nos induz a participar de grupos, através de casamento, contratos de trabalho, formação escolar e outros.
Todas as nossas emoções, alegres ou tristes, surgem dos nossos relacionamentos com nossos, pais, parentes, cônjuges, amigos, colegas de trabalhos e etc.
A fábula do porco-espinho me faz pensar na complexidade dos relacionamentos humanos. Para sobreviver, os porcos-espinhos tinham uma escolha que era de difícil realização por causa de apenas um problema: A dor provocada pelos contatos de seus espinhos. Todos tinham apenas um objetivo que era a sobrevivência. E eles não usavam seus espinhos com a intenção de magoar uns aos outros.
 A fábula nos mostra que é difícil viver um relacionamento sem sofrer arranhões e nós precisamos estar preparados para esta realidade.
Existem muitas variáveis que interferem nos relacionamentos interpessoais, principalmente nos amorosos e que são geradoras de muitos problemas. Diferenças de escolaridade, de intelectualidade, de ambientes, de valores, de princípios, de moral, de ética, de gerações, de objetivos, de limites e muitas outras. Havendo também possibilidade de problemas decorrentes do grau da dependência de um parceiro em relação ao outro. Disputa para obtenção do controle da relação e problemas financeiros também podem dificultar o equilíbrio de uma relação.
Existem homens que são extremamente complacentes com eles mesmos... Com seus deslizes. Se por exemplo entornam vinho na toalha da mesa do jantar dizem:
- Isso acontece com qualquer um.
- O Santo estava com sede.
- Isso é normal.
Porém quando algo parecido acontece com seus filhos ou esposa eles agem com agressividade e dizem:
- Vocês são muito relaxados, desastrados, porcos e etc.
Muitos são os motivos para se iniciar um relacionamento: interesses financeiros, um meio para fugir da solidão, insegurança, status, sexo, amizade, amor, paixão, constituição de família e etc.
Imaginemos um relacionamento hipotético onde o homem acredite que apenas o sexo é importante e a mulher é muito romântica. Depois de algum tempo de conflitos percebem que algo está errado e tentando salvar a relação, ela se esmera em amor e carinho... Sem êxito. E ele fica sofrendo querendo dar um passeio na Vila Mimosa, pois considera a companheira muito romântica.
Os relacionamentos também podem ser considerados falsos ou verdadeiros. Como falso pode ser citado àquele que aparentemente é visto como amoroso, mas na verdade é uma relação de interesse em benefícios financeiros. Grana!
Os tipos de relacionamentos mais comuns eram: amizade, flerte namoro, noivado, casamento e casos. Atualmente é muito popular, principalmente entre os jovens a existência dos rotulados de “Ficantes” e “Peguetes”, que não contemplam a  promessa de compromissos e responsabilidades.
Dizem que um relacionamento do tipo casamento tem muitas crises: A do primeiro ano, a do quinto ano, a do sétimo ano, e muitas outras.
Quando um parceiro não quer discutir o relacionamento é porque não está dando o devido valor à relação. Uma discussão civilizada é uma forma de identificar os problemas e de tentar corrigi-los. A não aceitação desta discussão é também, um reconhecimento de culpa.
Traição, rejeição, abandono, desrespeito, humilhação e violência verbal ou física são eventos prováveis em qualquer tipo de relacionamento. É possível se viver anos sob estas condições. Tudo vai depender da resistência e da auto-estima de cada um.
Felizmente não estamos na era glacial, e sim na escalada para o aquecimento global. A tecnologia nos disponibiliza muitos equipamentos para aquecimento. Nós brasileiros moramos em um país tropical e ninguém é obrigado a viver em um relacionamento doloroso.
É muito difícil para quem ama tirar do peito um grande amor, mas não é impossível. Muita gente é sincera quando diz sim à:
"Promete  ser fiel na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, amando-lhe  em lhe respeitando até que a morte os separe?”
Bem verdade que às vezes, a morte tem um apelido e de repente aparece e separa precocemente alguns casais, mesmo que eles estejam vivos.
Nas relações humanas a variedade de espinhos é muito grande o que pode provocar profundas feridas, físicas e psicológicas.
Respeito, compreensão, solidariedade, diversão, prazer, sexo, felicidade, companheirismo é o que muitos querem em um relacionamento e é o que muitos conseguem. O tempo de duração não importa e sim a intensidade com que é vivido. Os opostos se atraem e na maioria dos casos, a harmonia entre casais é obtida com grande esforço. Os problemas que surgem podem ser superados.  É imprescindível que os dois desejem realmente esta harmonia e se empenhem para obtê-la.
O início de um relacionamento é sempre um capítulo interessante da nossa vida. Pode ser em qualquer  lugar,  tempo, ou circunstância : em um trem, avião, em um velório, durante uma viagem, em uma esquina e assim por diante. O término é sempre  muito desagradável. Mesmo que os sinais do apocalipse se mostrem amiúde e  por longo tempo, o fim  nos surpreende é  muito desagradável
Somos feitos para viver o presente e também o futuro. A cada anoitecer nos preparamos para um novo amanhã e quando despertamos sabemos que existe a esperança de uma vida cada vez melhor.

Um relacionamento amoroso sempre sofre interferências de vários grupos sociais.  Estas interferências podem trazer benefícios ou atrapalhar a relação do casal.


Frases sobre relacionamentos.
O sexo que eu mais gosto é o sexo sem amor.
(Um homem casado e apaixonado pela esposa)

“Quando eu resolvi casar eu chamei minha namorada e disse:
 - Eu vou ser sempre o primeiro na minha casa. O melhor bife vai ser sempre meu.
 - Eu vou sempre ter o melhor.
 - Os filhos nunca terão mais privilégios do que eu.
 - Se você não aceitar isso eu não me caso com você.
(Frases ditas por um homem casado há mais de 10 anos.)

“Se eu fosse rico eu ficaria com você, mas como sou pobre vou ficar com a minha noiva mesmo.”
(Frase dita por um rapaz noivo a uma jovem e com em tom de despedida.)

“Casei com a minha mulher porque eu vivia sozinho. Morava em um quartinho e ela tinha muitos irmãos e eu os adorava. Depois de muito tempo passei a gostar dela também.”

(Frase dita por um homem casado há mais ou menos 16 anos uma amiga.)
“No meu país o amor começa depois do casamento e aqui ele termina depois do casamento”.
(Frase dita em uma novela)
Gilnea Rangel

sexta-feira, 25 de março de 2011

Piadas sobre relacionamento


Uma mulher chegou em casa e disse para o marido:
- Lembra as enxaquecas que eu costumara ter toda vez que nós íamos fazer amor? Estou curada.
- Não tem mais dor de cabeça? - o marido perguntou.
A esposa respondeu:
- Minha amiga Margarete me indicou um terapeuta que me hipnotizou.
O médico me disse para ir para frente do espelho, me olhar bem no espelho e repetir para mim mesma : "Não tenho mais dor de cabeça. Não tenho mais dor de cabeça. Não tenho mais dor de cabeça.". Fiz
isso e a dor de cabeça parece que sumiu. O marido respondeu:
- Que maravilha!
Então a esposa falou para o marido:
- Nos últimos anos você não anda muito interessado em sexo e atualmente eu não tenho tido dor de cabeça. Por que você não vai ao terapeuta e tenta ver se ele te ajuda a ter interesse em sexo novamente?
- O marido concordou, marcou uma consulta, e alguns dias depois estava todo fogoso para uma noite de amor com a esposa. Então foi correndo para casa e entrou tirando as roupas e arrastando a esposa para o quarto. Colocou a esposa na cama e disse para ela:
- Não se mova que eu já volto.
Ele foi ao banheiro e voltou logo depois, pulou na cama e fez amor de maneira muito apaixonada como nunca tinha feito com a esposa antes. A esposa falou:
- Juca foi maravilhoso!
O marido disse novamente para a esposa:
- Não saia dai que eu volto logo.
Foi ao banheiro e a segunda vez foi muito melhor que a primeira.
A mulher sentou-se na cama, a cabeça girando em êxtase com a experiência. O marido disse outra vez:
- Não saia dai que eu volto logo.
Foi ao banheiro. Desta vez a esposa foi silenciosamente atrás dele e quando chegou lá o marido olhava para o espelho e dizia:
- Não é minha esposa. Não é minha esposa. Não é minha esposa.


Aviso:
O velório será amanhã na capela 13 do Cemitério Jardim  da Saudade.


O Diretor de Produção, o Diretor de Marketing e o Presidente de uma empresa estacionaram o carro e estão a caminho de uma reunião. Ao atravessarem um parque, encontram uma lâmpada antiga. Esfregam a lâmpada e de repente aparece um gênio. O gênio lhes diz:
- Só tenho 3 desejos, por isso, cada um só pode fazer 1 pedido.
O Diretor de Produção diz logo:
- Eu primeiro, eu primeiro! - e exprime o desejo: - "Eu quero estar nas Bahamas, ao volante de um barco ultra-rápido e muito dinheiro na conta." E puff! Partiu.
- Agora eu, agora eu! - grita o Diretor de Marketing. "Eu quero estar nas Caraíbas, rodeado das mais belas mulheres, com uma fonte inesgotável de cocktails exóticos e muito dinheiro na conta". Puff! Partiu.
Em seguida diz o gênio ao Presidente da empresa:
- "É a sua vez".
O Presidente diz: - "Cancele os pedidos deles. Eu quero estes dois cretinos de volta ao trabalho depois do almoço!"

Moral da História: Não bobeie. Deixe sempre o chefe falar primeiro.


Um homem caminha para uma drogaria com seu filho de dez anos.
Eles passam pela seção de preservativos e o menino perguntou:
- O que é isso, pai?
O pai respondeu:
- São chamados preservativos, filho…
Os homens usam pra fazer sexo seguro.
- Ah, tá…, respondeu o menino, pensativo.
Sim, eu já ouvi falar disso nas aulas de saúde física na escola.
Ele olha para a prateleira, apanha um pacote de três preservativos e pergunta:
- Por que tem 3 nesse pacote?
O pai responde:
- Esses são para garotos do 2º Grau.
Uma para a Sexta, uma para o Sábado e uma para o Domingo.
-Legal, diz o menino.
Agora ele pega um pacote com 6 e pergunta:
- E esses? Para que servem?
- Esses são para garotos da Faculdade, o pai responde.
Duas para a Sexta, duas para o Sábado e duas para o Domingo.
- Uau! – exclamou o menino.
- Então quem usa estes?
Perguntou o menino, apanhando um pacote com 12.

Com um suspiro, o pai responde:
- Estes são para os homens casados.
Uma para Janeiro, outra para Fevereiro, outra para Março…

  
- Ai querida.
-- Assim?
- Não, mais para cima!
- Assim?
- Um pouco para o lado.
- Aqui?
- Quase. Está quase!
- Me diga como você quer.
- Oh querida... Agora um pouco mais para baixo. Assim... Assim. Agora para o lado. Rápido!
- Amor, eu...
- Para cima! Para cima! Um pouquinho...
- Assim?
- Ah! Ah, Aiiiiiii...
- Pronto?
- Não! Continua, continua que está gostoso!

- Nossa!  Amor eu acho que você está com sarna!


Como equilibrar um relacionamento

Um casal recém casado vai viver em sua nova casa.

O homem diz:
- Se quer viver comigo as minhas regras são:
1) Segundas e terças-feiras à noite vou tomar cerveja com os amigos;
2) Quartas-feiras à noite reunião com o pessoal de aprendizado;
3) Quintas e sextas à noite, cerveja e caipirinha com os colegas da saúde;
4) Sábados pescaria com a turma, retornando domingo pela manhã;
5) E aos domingos deito cedo para descansar.
Se quer... Quer... Se não quer... Azar!

Então a mulher responde:
Pra mim só existe uma regra:
Aqui em casa têm sexo todas as noites. Quem está, está. Quem não está. Azar!


Três mulheres – uma noiva, uma casada e uma amante – estavam conversando sobre seus relacionamentos e decidiram agradar seus homens. Aquela noite todas as três iriam testar sensualidade e o poder que exerciam sobre seus companheiros, usando corpete de couro, máscara nos olhos e botas de cano alto. Após alguns dias, elas tornaram a se encontrar. Cada uma relatou sua experiência.
Disse a noiva:
— Naquela noite, quando meu namorado chegou em casa encontrou-me usando o corpete de couro, botas com 12 cm de salto e máscara sobre os olhos. Ele me olhou intensamente e disse: "Você é a mulher da minha vida. Eu te amo". Então fizemos amor a noite inteira.
A amante contou sua versão:
— Ah, comigo também foi parecido. Naquela noite encontrei meu amante no escritório. Estava usando um corpete de couro, mega saltos, máscara sobre os olhos e... mais nada. Usava uma capa de chuva para cobrir meu corpo. Quando abri a capa, ele não disse nada. Seus olhos me devoraram. Ele me agarrou e fizemos sexo a noite toda.
E aí a casada contou sua história:
— Naquela noite mandei as crianças para a casa da minha mãe. Arrumei-me como combinado: corpete de couro, super saltos, máscara sobre os olhos. Então resolvi incrementar o visual. Aproveitei para inaugurar um perfume novo e um batom vermelho que nunca tinha usado antes. Lembrei-me de um comentário que meu marido fez sobre a sensualidade da roupa íntima preta e coloquei a que acabara de comprar: um fio dental com um lacinho de cetim em ponto estratégico. Quando meu marido chegou do trabalho, abriu a porta e me encontrou em pé no meio do quarto fazendo caras e bocas. Olhou-me de cima abaixo e disse: "E aí, Batman, o que temos para o jantar?"

 Os médicos disseram que ele voltará a andar em um mês.

Fábula do Porco-espinho


Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.
Os porcos-espinhos, percebendo a situação resolveram se juntar em grupo, assim eles se agasalhavam e se protegiam mutuamente, mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam mais calor.
Por isso decidiram se afastar uns dos outros e voltaram a morrer congelados, então precisavam fazer uma escolha:
Ou desapareceriam da Terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros. Com sabedoria decidiram voltar e ficar juntos... Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor um do outro...
E assim sobreviveram.
(Porcos-espinhos de Schopenhauer,  Deborah Anna Luepnitz)

sábado, 19 de março de 2011

Visita do presidente dos Estados Unidos Barack Obama ao Brasil




                                           (Foto: Getty Images)


Não importa quem você é e nem de onde você vem, o importante é sonhar e lutar para alcançar seus sonhos.  Acreditar que tudo é possível."

Frase proferida por Michelle Obama, primeira-dama dos Estados Unidos em discurso para jovens carentes.

19.03.2011

Os crisântemos e as cerejeiras reflorescerão na Terra do Sol Nascente - Terremoto no Japão 11 de março de 2011



 
Crisântemo originário da Ásia, foi adotado como símbolo nacional pelo Japão. 



Sakura cerejeira em flor.

No dia 11 de março de 2011 o Japão sofreu um terremoto que é considerado um dos piores desastres naturais já ocorridos. Eram 14h46 no Japão, 2h46 no Brasil, quando o terremoto sacudiu a costa nordeste do país.
O tremor teve sua origem no pacífico. Recebeu a classificação de sétimo pior terremoto da história, segundo consta nas pesquisas do Serviço Geológico dos EUA. 
O abalo na região causou um tsunami devastador que ergueu ondas de até seis metros de altura. O abalo foi de magnitude 8,9 na Escala Richter.
As cidades japonesas de Kesennuma, Oarai, Sendai e Ichihara foram as mais atingidas pelo terremoto.
O epicentro foi no Oceano Pacífico, a 363 quilômetros da capital, Tóquio, numa profundidade de 24 quilômetros. 
A escala Richter foi criada em 1935, pelo sismólogo Charles Francis Richter. O terremoto mais devastador registrado até hoje foi o de 9,5 graus, no Chile em 1960.
O tremor foi tão forte que mudou o eixo da Terra em 25 centímetros, de acordo com o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia na Itália.
A usina nuclear de Fukushima Daiichi, no nordeste do Japão, enfrenta graves problemas no sistema de resfriamento de seus reatores e
A violência do tremor moveu o Japão quatro metros para o leste
A usina nuclear Daiichi Fukushima foi afetada pelo terremoto, enfrenta graves problemas no sistema de resfriamento de seus reatores  e risco de vazamento radioativo. 
A agência de segurança nuclear do Japão elevou o grau do acidente para cinco na escala internacional, após avaliação da extensão dos danos nos combustíveis dos reatores da usina.
 A usina nuclear japonesa Fukushima Daiichi I é um reator de água fervente. Barras de combustível dentro do reator produzem calor através da fissão nuclear. Com isso a água é aquecida e faz girar uma turbina que gera eletricidade. A água é, então, resfriada e bombeada de volta para o reator para ser aquecida novamente.
ciclo da água deve continuar sendo bombeado com energia para continuar o resfriamento do sistema.
"Um aumento incontrolável na temperatura pode essencialmente fazer o núcleo se transformar em uma massa fundida que pode queimar o recipiente do reator," afirmou o serviço de informação de risco Stratfor. 
Hoje 19 de março de 2011, contabilizam-se, mas de sete mil mortos e mais de 11 mil desaparecidos.


.

terça-feira, 15 de março de 2011

Mistérios da natureza – Plantas e flores

A Natureza por si só já é um grande mistério. Encanta-nos e surpreende-nos com assombrosa diversidade de formas, cores e perfumes. Flores exuberantes e incomuns demonstram que ela é verdadeiramente repleta de caprichos.

Welwitschia
É uma planta rasteira. Possui um caule lenhoso que não cresce, uma enorme raiz aprumada e apenas duas folhas em forma de fita larga. É a planta mais resistente que existe. Nativa da Namíbia, ela Cresce por toda sua  vida. Com o tempo, suas folhas podem atingir mais de dois metros de comprimento e tornam-se esfarrapadas nas extremidades.
A estimativa de vida destas plantas é de 400 a 1500 e elas podem sobreviver por até cinco anos sem chuva. A planta é conhecida por ser muito saborosa e seu nome popular é 'Onyanga', que significa cebola do deserto.




Dioneia (Dionaea muscipula) 
É uma planta carnívora que captura e digere presa animal, normalmente insetos e aracnídeos. Possuem dois lóbulos unidos pela base e presos na ponta de cada uma das folhas que detectam a presença de animais e se fecham em menos de um segundo. Também é conhecida como Vênus papa-moscas.
A Dionéia é encontrada em  pântanos pobres em  nitrogênio no sudeste dos Estados Unidos, principalmente no raio de 160 quilômetros de Wilmington,  Carolina do Norte.




Darlingtonia californica (Lily Cobra)
É uma planta carnívora nativa do norte da Califórnia e Oregon.  Assemelha-se á uma cobra. Cresce em brejos e também é conhecida como planta de lançador, Lily Cobra ou Cobra Plant


 Nepenthes attenboroughii. 
Esta planta carnívora gigante foi descoberta na área central das Filipinas. A planta é uma das maiores do tipo, e pode se alimentar até de pequenos mamíferos, como ratos.


 Rafflesia arnoldi (A flor mais larga do mundo)
É uma planta que produz, atingindo 106 cm de diâmetro e pesando até 10 kg. Ela produz uma substância que atrai insetos, que ficam presos no liquido pegajoso permitindo que a planta se alimente deles. A espécie é natural das ilhas de Sumatra eBornéu, na Indonésia. É popularmente conhecida como flor-monstro Nas florestas da ilha de Sumatra, na Indonésia, já foram encontrados exemplares de até 1 metro de diâmetro, pesando 11 quilos. Essa gigantesca flor é um parasita que sobrevive retirando nutrientes das raízes de uma árvore chamada Tetrastigma. "A Rafflesia é totalmente ajustada para essa função: não faz fotossíntese, não tem folhas, caule ou raiz. A flor enorme, que pode demorar até um ano para desabrochar. As grandes pétalas possuem muitas células produtoras de perfume para atrair as moscas que polinizam a flor, porém este odor fétido é desagradável aos humanos e por isso a flor é apelidada de lírio-podre





Amorphophallus titanum (Planta cadáver)
Esta inflorescência é conhecida como o jarro-titã, flor cadáver ou titan arum. É a maior e mais malcheirosa "flor" do mundo. N verdade não é uma flor e sim uma inflorescência. Quando desabrocha, ela chega a atingir três metros de altura e pode pesar até 75 quilogramas. É mais alta que um ser humano e tem um odor forte que, como a Rafflesia arnoldii, lembra carne podre.
Ela exala um forte odor que atrai insetos carniceiros (principalmente besouros), por isso a fama de maior planta carnívora do mundo.
Começa sua vida como um pequeno tubérculo, então solta uma única coluna afilada que cresce furiosamente, até 16,6 centímetros por dia.
Essa planta tuberosa, cultivada em diversos jardins botânicos, permanece endêmica somente às florestas tropicais do oeste da Sumatra, uma ilha da Indonésia, no Oceano Indico, onde é conhecida como "flor cadáver". Este nome pode derivar do cheiro nauseabundo que exala, mas lendas contam que a planta foi assim batizada, pois quando desabrocha, a flor devora quem a cultivou.
Quem a descobriu foi o botânico italiano odoardo Beccari, em  1878.
Pode viver até 40 anos, mas só floresce duas ou três vezes.
  

 Codariocalyx Motorius - Desmodium Gyrans- Hedysarum  (A planta dançarina)
A Codariocalyx motorius é uma espécie de planta nativa de várias regiões da Ásia. É uma das poucas plantas capazes de movimentos rápidos.
Esta planta foi chamada de Hedysarum por Darwin, mas botânicos modernos a chamam de Desmodium gyrans, ou - mais recentemente - de Codariocalyx Motorius. Apesar de todos esses nomes, ela é conhecida como planta dançarina em função dos graciosos movimentos das suas folhas, mesmo sem vento.  Também é conhecida por Fábrica do telégrafo ou semáforo Plant devido a seu movimento. Os pequenos folhetos laterais giram  em seu eixo, movendo-se em movimentos bruscos.




Euphorbia obesa (A planta baseball)
Conhecida como a planta baseball, é natural da África do Sul. Infelizmente, a espécie está ameaçada pelas colheitas sem planejamento. Por sua aparência interessante e curiosa, a Euphorbi a é devastada pelas populações nativas. Para proteger a espécie, recentemente, sua exploração foi proibida no país. A sua cultura, no entanto, tornou-se comum em jardins botânicos pelo mundo.


  
Baobá (A árvore garrafa)
Baobá é o nome comum do gênero Adansonia, compreendendo oito espécies diferentes de árvores. Ela é nativa de Madagascar, na África, e na Austrália. O Baobá é conhecido como 'árvore garrafa', não só por parecer-se com uma, mas também porque é capaz de armazenar cerca de 300 litros de água. As espécies alcançam alturas entre de 5 a 25 m (excepcionalmente 30 m), e até 7 m no diâmetro do tronco (excepcionalmente 11 m). Um baobá pode durar mais de 500 anos.
O baobá é a árvore nacional de Madagascar e o emblema nacional do Senegal.

   
Dracaena cinnabari (A árvore sangue de dragão)
A Dracaena Cinnabari é uma árvore nativa do pequeno arquipélago de Socotra no Oceano Índico, próximo Nordeste Africano. Ela é conhecida como 'árvore sangue do dragão' em função da sua seiva vermelha. No passado, a seiva era muito procurada como medicamento e corante. A Dracaena cinnabari é uma das plantas mais marcantes de Socotra, ela tem uma aparência estranha, assemelhando-se a um guarda-chuva virado pelo vento. A espécie foi descrita formalmente por Isaac Bayley Balfour em 1882.
                                 


Mimosa pudica (A planta da vergonha) 
Mimosa pudica, ou planta sensitiva, tem uma curiosa qualidade: as folhas se dobram para dentro e tombam quando são tocadas e, minutos depois, voltam a abrir-se. A espécie é nativa do Brasil e de todos os países da América do Sul e América Central. Ela tornou-se uma erva daninha pantropical.

     
Selaginella lepidophyll  (A planta da ressurreição) 
Também conhecida como 'Rosa de Jericó', a Selaginella lepidophylla é uma espécie de planta do deserto conhecida por sua capacidade de sobreviver à seca no seu habitat natural.
Esta planta cresce no deserto no Médio Oriente e na América Central.
Quando o meio ambiente onde está deixa de oferecer o que ela precisa para viver, ela seca, encolhe e forma uma espécie de bola. As raízes soltam-se do solo, permitindo ao vento transportá-la. Quando chega a um sitio úmido, fixa-se e torna a crescer. Começa a ficar verde, liberta as sementes e origina novas plantas.