Somos todos Poeira de Estrelas

"... à exceção do hidrogênio, todos os átomos que compõem cada um de nós - o ferro no sangue, o cálcio nos ossos, o carbono no cérebro - foram fabricados em estrelas vermelhas gigantes a milhares de anos-luz no espaço e a bilhões de anos no tempo. Somos feitos, como gosto de dizer, de matéria estelar."
(Carl Sagan)

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

A Natureza e seus mistérios

“A minha suspeita é de que o universo seja não apenas mais estranho de quanto supomos, porém mais estranho do que podemos supor.”
J Haldane

A natureza nos oferece paisagens e fenômenos maravilhosos, muitas vezes bizarros e intrigantes que aguçam a nossa curiosidade e imaginação.

Fulgurito (do latim fulgur, “raio”)
São esculturas resultantes da ação de raios quando atingem areias quartzosas.
São peças vitrificadas e podem ter formas, cores e tamanhos diversos, dependendo do trajeto que o raio fez na areia.
No Brasil é comum a ocorrência de muitos fulguritos em São José do Norte, no litoral sul do Estado do Rio Grande do Sul e de Barreirinhas, no Estado do Maranhão,
Geralmente são ocos e ocorrem com maior freqüência em campos de dunas costeiras.



Trovants (As pedras que crescem)
São formações rochosas de areia cimentada. Elas permanecem quietas até que chova. Então, após a última gota de chuva, as pedras começam a se multiplicar de modo incrível. As pedras podem tomar formas esféricas, cilíndricas e de elipsóides, caso em que se assemelham ao número 8. O tamanho dos trovants varia de alguns milímetros a até 10 m..
Os primeiros trovants devem ter ocorrido há mais de seis milhões de anos.
São encontrados na, Romênia em Valcea County, no pequeno vilarejo chamado Costesti,
As pessoas locais chamam-lhes "pedras vivas", "Dorobanti" ou "Bala truco". Eles acham que essas pedras são organismos vivos que crescem após as chuvas ou que são relíquias de algumas civilizações extraterrestres que visitaram a Terra há muito tempo.
O fenômeno geológico trovant também pode ser encontrado em outras partes do mundo, como a Bósnia, República Checa, Rússia, China, Nova Zelândia, Canadá, E.U.A., México ou Costa Rica.
Exemplos de trovants podem também ser vistos no Trovant Museum que fica em Costesti. 



Pedras deslizantes (sailing Stones)
São um dos fenômenos mais intrigantes e misteriosos da geologia e ocorre no Parque do Vale da Morte, na Califórnia (EUA).
O fenômeno pode ser observado especialmente em Racetrack Playa, um lago seco onde foram estudados e registrados os mais notáveis movimentos das pedras. Pedras de tamanhos variados (algumas pesam até 300 kg)  são encontradas a distâncias de até milhares de metros de sua posição original deixando rastros de extensão e direção variados, sem evidência alguma de intervenção humana ou animal.
O Vale da Morte está localizado ao norte do Deserto de Mojave, na Califórnia nos Estados Unidos.  Estende-se por aproximadamente 225 km, ao longo da fronteira da Califórnia com o estado de  Nevada, a aproximadamente 160 km a oeste de Lãs Vegas. O Vale da Morte é famoso por seu clima extremamente quente.
As rochas encontradas na área da playa se originam das colinas  do entorno mas são encontradas a distâncias de até milhares de metros de sua fonte, com rastros, na lama seca, que variam de  direção e extensão. 


Pamukkale
 O pamukkale (castelo de algodão) é um conjunto de piscinas termais de origem calcária que com o passar dos séculos formaram bacias gigantescas de água que desce em cascata em coluna. Situa-se perto de Denizli, na Turquia.
 Suas águas mudam de cor ao longo do dia graças à ação da luz do sol e ao contraste com a pedra que, de longe, parece mármore dos mais nobres. Uma verdadeira visão do paraíso. 



Sarisarinama
O Sarisariñama tepui é uma montanha na  Jaua-Sarisarinama National Park na Venezuela  com altitude de 2.300 metros é uma das mais remotas montanhas em toda a América Latina.
 Lá são encontrados misteriosos buracos ou Simas, que são enormes depressões circulares na pedra,
 Existem quatro sumidouros conhecidos. Sima Humboldt é o maior.



Buracos azuis
São gigantescas elevações subaquáticas, que levam este nome pela tonalidade de azul que apresentam quando vistos do alto. Normalmente possuem centenas de metros de profundidade e tem ambiente desfavorável para a vida marinha, já que a circulação de água é ruim. Curiosamente, em alguns buracos foram encontrados restos fósseis preservados em suas profundezas. 
O Great Blue Hole é parte integrante do Lighthouse Reef System, fica aproximadamente a 100 km de Belize. Tem 400 metros de diâmetro e 145 metros de profundidade. É um local maravilhoso para mergulho.
O Buraco Azul mais fundo do mundo é o Dean´s Blue Hole e tem cerca de 200m de profundidade! Fica situado em Long Island nas Bahamas.
Existem numerosos buracos azuis pelo mundo, mas nenhum tão impressionante como este.
 Great blue hole (Belize)
Situado a 96,5km do continente de Belize



   O Dean´s Blue Hole


 Formação rochosa à margem de um lago 
Em um lago da Birmânia está uma curiosa formação rochosa que só é possível ser admirada em um determinado período do ano e com dependência da iluminação do Sol.
   


Vale da lua
O Vale da Lua é um conjunto de formações rochosas cavadas nas pedras pelas corredeiras de águas do rio São. Está localizado na Chapada dos Veadeiros no município de Alto Paraíso em Goiás.
  

 Os seres humanos

Relações humanas
"De tudo que existe, nada é tão estranho como as relações humanas, com suas mudanças, sua extraordinária irracionalidade."
Virginia Woolf

O Homem Vitruviano (Leonardo da Vinci)




domingo, 6 de fevereiro de 2011

Seguindo em frente

A noite densa envolve meu ser.
Por um momento me pergunto...
Porque um dia amei você?
A saudade me responde...
Mas mesmo assim fico sem entender.
Seu perfume está em minha mente...
E eu não sei o que fazer.
A lua nova me observa...
Indiferente,
Mas não me deixa adormecer.
A terra girou e o relógio não me contou
Toda a verdade sobre o tempo que passou.
A lua se foi, mas antes avisou
Que após cada noite
Nasce um novo e lindo amanhecer.
A saudade que queimava...
Perdeu todo o calor
O beija-flor com um beijo doce a rosa acordou.
E na manhã recém nascida eu segui...
Um belo e novo caminho
Que o sol me indicou.

Gilnea